• FIM
  • R.I.P

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Narc

A cara. A cara consiste na expressão facial, completamente indescritível, que uma pessoa faz num restaurante, numa discoteca, num concerto, etc. A cara surge normalmente quando de repente, num momento qualquer, começa a dar a música da vida dessa pessoa. Nesse momento a musica que dá sentido à vida dessa pessoa está a dar e a pessoa sente-se emocionada, dá um pulo de alegria, sorri ferozmente, já não se consegue conter mais a sua excitação. O corpo começa então a abanar ao som da música, os olhos fecham-se, a cabeça começa também a andar de um lado para o outro, já nada pode parar a cara. A pessoa, em pleno delírio, fora de si, começa a cantar a música da sua vida. Canta a plenos pulmões, num êxtase total e completo!
A cara surge finalmente no preciso momento em que tudo isto está a acontecer e a pessoa, com a maior alegria do mundo, canta a música que fez a sua vida nascer, sem saber sequer a letra...

Sem comentários: