• FIM
  • R.I.P

sábado, 18 de dezembro de 2010

She's a star

-...Então, vai daí, perguntei-lhe se ela se importava que eu lhe fizesse o mesmo que ela me tinha feito a mim no momento em que e vi pela primeira vez. Ela, a sorrir, mas meio desconfiada, lá assentiu. Agarrei então a mão dela, e deixei-a no canto do bar. Só que acho que ela não percebeu, e foi-se embora poucos segundos depois...

- Claro! Quem não iria? Mas por que é que a deixaste no canto do bar afinal?

- Também tu? Então não se está mesmo a ver? Se no preciso momento em que a vi, ela me encantou, eu também a quis encantar...

Sem comentários: