• FIM
  • R.I.P

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Outono

- Lança-te a meus braços…

- Olha, ela disse para te lançares nos braços dela…

- Lança-te a meus braços, despudoradamente…

- Olha, ela disse para te lançares nos braços dela, despudoradamente…

- Pois que quem assim dá abraços…

- Ela está a dizer que quem assim dá abraços…

- Só merece quem lhos sente…

- Olha, agora disse que só merece quem lhos sente…

- Ouve lá ó Tó Zé, eu até posso ter ser parvo pá, mas não sou surdo…

Sem comentários: