• FIM
  • R.I.P

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Abel

É extremamente assustador observar uma pessoa que recebe a resposta: “Desculpa, não percebi o que disseste?”, quando essa mesma pessoa chegou ao pé de outra, disse qualquer coisa e começou de imediato a rir. Ver a cara que a pessoa faz quando percebe que se está a rir sozinho, causa-me sempre uma sensação de vergonha que não consigo controlar. Pior do que isso, é mesmo a cara da pessoa, quando volta a dizer a suposta piada e ri novamente, a bom rir, como se tivesse contado pela primeira vez o que acabou de dizer pela segunda vez, e desta vez recebe um mero esboço de sorriso da outra pessoa. Não consigo descrever a sensação que tenho sempre que vejo a cara da pessoa, pela segunda vez, a rir sozinho.
Mas a cara que me causa mesmo dores no estômago e me faz sair de imediato dali, é a cara que as pessoas fazem quando uma pessoa chega ao pé de outra, diz qualquer coisa que a outra não consegue perceber, e desata de imediato a rir. Nesse instante, a outra pessoa vê que a outra se está a rir, com gosto, e desata a rir também. Mas a cara, aquela cara naquela fracção de segundos entre o não ter entendido nada e o inicio do riso… ARGHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

Sem comentários: