• FIM
  • R.I.P

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Killing in the name of

- Olha o Berto! Então, o que fazes por aqui?

- Deixa-te de merdas pá! Acabei agora de falar com o Canina, já sei de tudo entre ti e a Rosa. Ouve lá, mas quem é que tu pensas que tu és?

- Eu? Eu penso que sou o Guilherme! Pelo menos há bocado quando passei por um espelho era...

- Não me dês baile e responde-me, quem é que tu pensas que tu és?

- Olha aí, não é preciso empurrar! Já te disse, penso que sou o Guilherme...

- Não te vou perguntar outra vez. Quem é que tu pensas que tu és?

- Deslarga-me Berto! Qual é a tua? Eu não sei o que é que o Canina te disse, mas eu penso mesmo que sou o Guilherme...

- Juro que não te vou perguntar mais nenhuma vez. QUEM É QUE TU PENSAS QUE ÉS?

- Fogo! Que selvajaria! Olha! Agora partiste-me os suspensórios...Com franqueza pá...

- QUEM É QUE TU PENSAS QUE ÉS?

- Eh pá! Eu já nem sei quem é que eu penso que eu sou, apesar de continuar convencido que sou o Guilherme. Mas de uma coisa tenho eu a certeza. Tu és sem duvida um Berto eco.

Sem comentários: