• FIM
  • R.I.P

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Inbetween days

- Achas que um gajo se estiver a pensar sempre em férias, a querer ter férias, a lamentar-se porque as férias já acabaram e agora só para o ano, etc, tu sabes como é que é não é, é porque não é feliz naquilo que faz na vida? Isto porque eu dou comigo muitas vezes a pensar em férias, a querer ter férias, a lamentar-me que agora só para o ano é que tenho férias, mas eu até gosto daquilo que faço, às vezes...Quer dizer, eu gosto da minha vida de uma forma geral. Claro que há sempre coisas que gostava de mudar, e outras que gostava de fazer, mas num compto gosto da minha vida...profissional e privada! Bom, isso é outra coisa que eu por acaso acho engraçada, a separação da vida profissional da vida privada. Como se Eu, no meu trabalho, fosse uma pessoa e em casa fosse outra! Quer dizer, eu acredito que haja pessoas que sejam assim, mas eu não sou. Eu sou tal e qual o mesmo tanto no trabalho como em casa...Se calhar é por isso que estou sempre a pensar em férias, sou eu o dia todo, fico farto de mim!
Não. Não deve ser isso. Se eu ficasse farto de mim não era férias que eu gostava de tirar ou em férias que eu pensaria. Eu pensaria era em mudar. Fazer por ser outra pessoa que eu gostasse mais de ser, muito embora muitas vezes eu acabe por perceber que não sei quem sou! Será que eu só sou eu nas férias e por causa disso fico com saudades de mim sem saber que é isso que estou a sentir? Achas que isso é possivel ou é disparatado aquilo que estou a dizer?...

- Não sei...Isso depende sempre...

- Olha! Já viste as horas?! Vou ter de sair. Hoje dei uma tanga para tirar a tarde. Tenho mesmo de me ir embora já se não ainda pensam que eu estava a dar uma tanga quando disse que tinha de sair às três e meia hoje.

Sem comentários: