• FIM
  • R.I.P

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Unfinished Business

Há quem diga que as coisas não acontecem por acaso. Só que, por acaso, isso é normalmente dito por pessoas que só pensam dessa forma quando o acaso lhe dá jeito que não tenha sucedido por acaso, ou então casualmente. Se reparamos bem, apenas e só quando reflectimos verdadeiramente no que aconteceu, quer seja porque esse acontecimento nos disse algo inexplicável que não sabemos bem descrever mas apenas sentir, ou porque somente nessa altura é que demonstramos verdadeiro interesse nisso, é que é tão confortável pensar que as coisas não acontecem por acaso. Seja por que razão for, ou então por outra razão qualquer que agora não vem ao caso, se fosse tomada a devida atenção a tudo o que se vai passando durante o curso da nossa vida, nada, mas mesmo nada, teria sido por acaso ou coincidência, tudo teria uma razão lógica para ter existido ou acontecido dessa forma! Eu, por exemplo, consigo encontrar uma causalidade e uma razão de ser para tudo o que me aconteceu até hoje. Não consigo encontrar uma só razão que me indique que tudo, ou alguma coisa que me sucedeu, aconteceu por acaso! Tudo na minha vida aconteceu com um propósito. Desde que eu nasci que tudo o que me sucedeu e tudo o que fiz e segui, com base no que me ia sucedendo, foi com o intuito de eu vir a tornar-me na pessoa que me tornei hoje. Posso perfeitamente dar esta explicação e acreditar piamente nela para poder dizer que as coisas não acontecem por acaso. Mas isso significa mesmo que as coisas não acontecem por acaso? Por que é que então as pessoas preferem dizer que apenas algumas das coisas que lhes acontecem não são por acaso? Das duas uma, ou é tudo por acaso ou nada é por acaso! Agora haver umas coisas que são por acaso, e outras não, só porque umas dão jeito serem e outras não, isso é que não pode ser. Dizer que as coisas não acontecem por acaso, somente quando dá mais jeito, é quase o mesmo que dizer que se a partir do meio da minha vida as coisas não acontecem por acaso isso quer dizer que antes aconteceram, ou quer dizer que a partir de agora é que vão acontecer e aquilo que tinha de ter sido por acaso já foi e nem cheguei a dar por isso? Ficando, inclusivamente, sujeito a perder todos os acasos e casos da vida! Ou aquilo a que se costuma dizer, passar ao lado de uma grande oportunidade! Seja lá o que isso for! O que eu sei é que nada me sucedeu por acaso até agora! Provavelmente, nem o acaso que deu inicio a isto tudo! Mas isto sou só eu a interligar tudo da forma que me dá mais jeito! Mas não faz mal, as coisas não acontecem por acaso. Isso eu sei… …

1 comentário:

Zigue Zague disse...

E não é que por acaso passei aqui hoje? ;)