• FIM
  • R.I.P

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Milagre I

No mesmo dia em que estreia, mais uma vez, uma nova, e já estafada, versão de Robin Hood, em que toda a gente já sabe que é um bacano do povo que rouba aos ricos para dar aos pobres. Por coincidência, estreiam hoje também as novas medidas anunciadas pelo governo. Uma nova e inovadora versão do filme, muito mais real e actual, e com um orçamento muito mais baixo, roçando mesmo os custos completamente nulos, e com aquele twist surpreendente no fim, em que o herói principal se transforma num vil vilão que passa a vida a roubar descaradamente, e sem qualquer tipo de pudor, os mais pobres, preservando totalmente, no entanto, a qualidade de vida dos seus congéneres...

3 comentários:

Tindergirl disse...

Eles comem tudo, eles comem tudo e não deixam nada...

joaninha versus escaravelho disse...

Ainda agora chegou (o papa) e já começaram os milagres??

A disse...

e não fica por aqui. há o milagre da multiplicação do défice, transformar água em ponte e o milagre da reeleição.

nós é que não viveremos tempo suficiente, para termos noção do impacto que esta personagem terá no pensamento ocidental futuro.