• FIM
  • R.I.P

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Só eu sei, porque...

- Só me apetece é agredir-me pá. Só me apetece é fazer-me mal. Era gajo para arrancar os pêlos todos da cara, pêlo a pêlo. Começava pelas sobrancelhas, depois as pestanas, os pêlos do nariz e por fim os da barba. Um a um, com uma pinça ferrugenta, pérfida e infectada, com aqueles puxões firmes e rápidos. Merecia que me colocassem a cabeça com pregos enfiados nas orelhas, num torno industrial e depois que apertassem, apertassem até me saírem os olhos pelas orbitas. Estou capaz de cortar os meus dedos, um por um com um machado de cozinha, espetar um garfo em cada olho, pôr uma rolha em cada narina e um lenço cheio de gasolina a arder pela boca adentro. Quem me dera que me arrancassem todas as unhas com um pé cabra e que me martelassem a cabeça com um martelo pneumático ao som de música techno. DIZ-ME. POR FAVOR DIZ-ME. QUEM, Quem me mandou a mim, diz-me quem me mandou a mim levar o cachecol velho para o jogo, diz-me quem me mandou a mim? DIZ-ME... ...

2 comentários:

joaninha versus escaravelho disse...

Também queres ser canonizado como o João Paulo II, O que se auto-flagelava?
Assim já eram 3: esse, o Pio XII e tu, Pedro, O Desassisado!

AP disse...

Deve ser por começar tudo por P! ;)