• FIM
  • R.I.P

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

That's why we only work when we need the money

Ouve...Consegues ouvir o barulho do silêncio? É ensurdecedor! Desde ontem que ficou só este silêncio, a latejar continuamente. Ouve...Ouve agora, não consegues ouvir? Até aquele candeeiro lá em baixo, que costuma estar sempre aceso, de dia e de noite, se apagou de repente! Ouve...Não, não é para ouvires o candeeiro a apagar-se, já está apagado desde ontem, ouve o barulho que o silêncio faz...Ouve... A rua está escura, sombria!... Foi ontem, reparaste nisso? Tenho quase a certeza que é desde ontem que se consegue ouvir este silêncio, mas não tenho a certeza, já não me lembro bem! Não notaste que não ouves o vento a soprar, que não consegues ouvir os galhos a ranger, nem as folhas a voar? As rolas calaram-se subitamente e deixaram de voar, esconderam-se não sei onde! Os cães já não ladram freneticamente, não tugem sequer! Não se ouve ninguém a passar ou a fazer barulho! Nem o guizo do gato, que de vez em quando se ouve vindo de algures, se ouviu mais, e o gato hoje não veio cá, como de costume, depois da hora do jantar, para ver se há restos de peixe que possa comer!... Parece que são quatro e vinte sete da manhã há horas! A Lua está cheia desde que olhei para ela! É a única luz que brilha lá fora, nem uma estrela se consegue ver!..Já viste? Lá em baixo na rua? Ali, no meio da estrada, uma folha que aparenta ter caído agora da árvore! Está viçosa e verde ainda! Recordo-me daquela folha ali durante toda a minha vida, sempre assim, naquela posição! Nunca soube se está deitada de costas ou de frente! Nem sei como é nunca ninguém a pisou! Gosto de andar pela rua e pisar as folhas secas pelo Sol, agrada-me o estalido que faz quando as piso!... Não te recordas daquela folha ali no chão? Parece-me que já estava ali ontem!...Achas que o tempo parou? Dá a sensação que estamos há horas, ou mesmo dias, semanas, meses, a viver o mesmo momento! Vezes sem conta o mesmo momento! Se calhar, apesar de ser sempre o mesmo momento, este multiplica-se em vários momentos iguais, só para dar a ilusão de que nos estamos a mexer! Mas eu sinto que é o mesmo momento, e que nós estamos sempre aqui parados. Embora não o consiga comprovar, é isso que acontece, quase de certeza! Não achas que é isso que acontece?... Há quanto tempo é que eu estou aqui à janela? Viste a que horas vim eu para aqui? Que horas é que são? Está de noite há não sei quantos dias! Nunca mais é de dia para eu me poder levantar. Como é que eu vou saber a altura certa para me poder levantar? Não passa ninguém- E o barulho do silencio...O barulho do silêncio está a deixar-me exasperado! Ouve. Ouve lá o barulho do silêncio, já ouviste? Não te incomoda?...A mim também não.

11 comentários:

Anónimo disse...

Qualquer dia... ainda me vicio em vir aqui diariamente ver que novo texto é possível descobrir. Sim, porque, por enquanto, ainda controlo muito bem a situação :).

AAAA ( Almost Addicted AnónimA )

joaninha versus escaravelho disse...

A mim qualquer barulho me incomoda. Gosto do silêncio e dos barulhos "baixinhos".
Só dou desconto à música. :)
Essa pode ser "alta".
Quando gosto... ou quando estou num bar. De que gosto também... tipo o "Couves".
Parece que já gosto de barulhos demais...
Sou mesmo contraditória.:/
O que queria dizer é que o silêncio não me incomoda nada.
Mas é muito incómodo para outras pessoas. Ou situações.
Como se vai chamar o teu livro?

AP disse...

Eu prefiro o Lagar, até porque vou lá há muitos anos, ainda antes de existir primeiro a Taverna, e agora o Couves :)
Eu, como ainda não plantei nenhuma arvore, e não tive nenhum filho, acho que a começar por algum lado começaria por plantar uma arvore :)

joaninha versus escaravelho disse...

Em Março, no dia da árvore, vais a Coja e pronto:
Plantas a árvore!
A seguir plantas a semente para o filho e a seguir como a árvore já cresceu, já tens madeira para fazeres o papel para as folhas do livro.
Está bem assim?
Pode-se alterar o plano. É só dizeres... :)

PS. O lagar é aquele do karaoke? :/

AP disse...

Por mim na boa, só não percebi a parte em que planto a semente para ter o filho! :)
Não sei se aquilo agora tem karaoke, mas o Silva como anda sempre a inventar é capaz de ser :)

joaninha versus escaravelho disse...

Olha-me este... :)
Então como é que vieste ao Mundo?
Não foi o teu pai que colocou uma sementinha no umbigo da tua mãe? Ou tu ainda acreditas que vieste no bico duma cegonha desde França? E também acrediats no Pai Natal, queres ver??? :P

AP disse...

No Pai Natal não, mas na cegonha sim! Eu até tinha orgulho em ser Francês! ;)

joaninha versus escaravelho disse...

Já tinha notado um sotaque qualquer na escrita, mas não disse nada com receio de seres emigrante e não gostares. :D

Anónimo disse...

I read this forum since 2 weeks and now i have decided to register to share with you my ideas. [url=http://inglourious-seo.com]:)[/url]

Anónimo disse...

Divulge casinos? okay this unreserved [url=http://www.realcazinoz.com]casino[/url] advisor and seize up online casino games like slots, blackjack, roulette, baccarat and more at www.realcazinoz.com .
you can also into our unknown [url=http://freecasinogames2010.webs.com]casino[/url] supermarket at http://freecasinogames2010.webs.com and obtain realized replacing !
another glint [url=http://www.ttittancasino.com]casino spiele[/url] purlieus is www.ttittancasino.com , because german gamblers, preserve tackle entertain in recede online casino bonus.

Anónimo disse...

top [url=http://www.xgambling.org/]casino online[/url] check the latest [url=http://www.casinolasvegass.com/]online casinos[/url] unshackled no store bonus at the leading [url=http://www.baywatchcasino.com/]baywatchcasino.com
[/url].