• FIM
  • R.I.P

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Banda Sonora

Fascina-me sempre ver aquelas pequenas partículas incandescentes que, de quando em vez, caiem abruptamente e formam um minúsculo clarão que se reflecte, aqui e ali, nas pequenas conchas de pedaços de papel rasgado que ao longo do decorrer do tempo vão surgindo, lenta e espontaneamente, a partir dos despojos que foram atirados e espalhados ao acaso por todo o cinzeiro. Cada vez que isso acontece, recordo-me de imediato dos acampamentos de verão na praia, das toalhas estendidas ao acaso nos estendais improvisados, e do barulho do silêncio misturado com a música de fundo que só o fogo é capaz de fazer. As sombras, que as chamas tremeluzentes desenham em cada uma das caras taciturnas, originam apenas contemplação, fazem esquecer a importância relativa de um qualquer plano minuciosamente delineado, ou de uma qualquer expectativa frustrada determinada por um objectivo que repentinamente, sem qualquer explicação lógica, se tornou obsoleto, e por um momento, o som dos acordes de uma guitarra desafinada e o barulho de gargalhadas genuínas tornam-se passado, presente e futuro! Cada vez que me perco a olhar para o clarão, que de vez em quando se forma no cinzeiro, invariavelmente esqueço-me que à medida que o clarão se esvai, os motivos pelos quais se desejou ir ver o por do sol num dia que terminou com chuva e vento deixam de ser um pretexto para se transformarem em desilusão, que a vontade estreme em ver o mar bater dá lugar à indiferença, e que sem que se tenha conseguido saber porquê, se ignora sempre e por completo aquilo que, sem se saber como, já se soube!


James - Stripmining/Refrain

When the world swallows whole all you've known
There are no landmarks you can recognize
Where is the jewel that will never fade
Will not decay with old age
Maybe a death, maybe the depression
Those things you thought you could lean on
Are suddenly just an impression
Well, if you put your trust in things of dust
You're gonna feel the pain of loss
The pain of loss
When the world swallows whole all you have known
There are no landmarks you can recognize
We've got no understanding of this body's needs
We've got no understanding of real philosophy
We've got no understanding of mortality
So we keep putting our trust in things that rust
And then we feel the pain of loss
Keep putting my trust in things that rust
And then I feel the pain of loss

video

Sem comentários: