• FIM
  • R.I.P

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Banda Sonora

Sou um homem desejado em Lisboa, um homem desejado em Lourosa
Sou um homem desejado em Foz Côa, um homem desejado em Rebordosa
Sou um homem desejado em Beja, os autóctones queriam que estivesse em Faro
Mas não é preciso inveja, esta noite eu vou estar em todo o lado

Posso até estar em Chaves, ou em Ovar ao pé do mar
A trabalhar para alguém que não sabe, o que consigo fazer desejar
Por isso se me vires por aí, e souberes qual o meu fado
Não perguntes "sabes quem está ali?", porque eu sou um homem desejado

Sou um homem desejado num qualquer colóquio, um homem desejado em Sesimbra
Sou um homem desejado inclusivamente no Tokyo, um homem desejado em Coimbra
Sou um homem desejado no Fundão, um homem desejado até mesmo em Luanda
Sou um homem desejado em Olhão da Restauração, sou um homem desejado numa demanda

Se alguma vez me apanhares a dormir
Olha bem para o tamanho do teu desejo
Minha amiga, quando isso te fizer sorrir
Não desperdices nunca esse ensejo

Sou um homem desejado pela Ana Sousa Dias, um homem desejado pela Ana Malhoa
Sou um homem desejado por todas as tias, um homem desejado por qualquer gaja boa

Sou desejado pelas irmãs Salgado
Sou desejado pela Fernanda Machado
Por isso não me digas que não queres um bocado
Quando todos sabem que eu sou um homem desejado

Um homem desejado que perdeu a alegria de viver
Um homem desejado que não sabe desistir
Um homem desejado que até quando morrer
Ainda conseguirá fazer todas se vir

Sou um homem desejado em Abrantes, um homem desejado em Pinhel
Sou um homem desejado em Amarante, um homem desejado em Penafiel
Sou um homem desejado em Alvalade, um homem desejado em Tomar
Sou até um homem desejado numa cidade, que nunca pensei visitar

Sou um homem desejado na montanha
Sou um homem desejado na praia
Sou desejado com vontade tamanha
Por todo e qualquer rabo de saia

Se algum dia alguma moça me vier falar
E por acaso não souber que eu sou o desejado
Desconheço quanto tempo irá ela aguentar
Até começar a gritar "Ah homem do Diabo!"

Por isso se tu amas o homem desejado
É bom que aproveites agora
Porque quando olhares para o lado
O desejado já se foi embora

Sou um homem desejado em Fiães, um homem desejado no Sabugal
Sou um homem desejado em Guimarães, um homem desejado em Oliveira do Hospital
Sou um homem desejado em A-dos-Cunhados, um homem desejado em Santa Cruz
Sou um homem cobiçado pelos pecados, um homem condenado por Jesus

Sou um homem desejado em todos os bares, um homem desejado em casas de putas
Sou um homem desejado em todos os lares, desejado por gajas meigas e por gajas brutas

Sou um homem desejado em Valpaços, um homem desejado em Vale de Cambra
Sou um homem desejado em Vale Milhaços, um homem desejado em Alhandra
Sou um homem desejado no Infantado, um homem desejado Gondomar
Sou há um sitio onde não sou desejado, que é o sitio a que eu chamo lar

(Tradução livre da letra Wanted Man pelo Nick Cave, que por sua vez já tinha feito uma versão da original do Bob Dylan)

5 comentários:

HR disse...

Excelente tradução livre :) Calculo que nem o Bob Dylan nem o Nick Cave ficariam desagradados com a adaptação :)

joaninha versus escaravelho disse...

És é um homem muito convencido!
ahahaahah
Agora a sério. Li com um sorriso na cara do princípio ao fim. :D

Em Bicos de Pés disse...

Bolas, uma pessoa até fica a salivar pelo homem desejado... sim, senhor. :)

Nawita disse...

Muito bom! Muito bom mesmo!

O homem desejado é bom demais para ser verdade, desejamos o que vemos e não o que é real. Daí ele não ser desejado no único lugar onde o deveria ser.

AP disse...

:) Por isso é que o Bob Dylan deveria ter a graça: Eugénio...