• FIM
  • R.I.P

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Com humildade

Estou mesmo a ser humilde quando digo que sou humilde?
Ou será que é o facto de dizer que sou humilde que me torna efectivamente humilde?
Será que a humildade que digo ter não existia até ao preciso momento em que digo que sou humilde?
Ou digo apenas que sou humilde porque fica bem assumir-me como uma pessoa humilde?
Não estarei, ao agir dessa forma, a ser humilde na mesma?
Se a humildade existe em mim, serei menos humilde por não dizer que sou humilde, ou sou humilde quer o diga quer não?
Se eu for mesmo humilde, quero mesmo ser humilde?
Ou deverei fazer tudo para ultrapassar essa humildade?
E se não for, será que quero ser humilde?

2 comentários:

joaninha versus escaravelho disse...

Eu cá, no alto da minha superioridade, acho que ao dizeres que és humilde deixas de o ser. :/
Desculpa lá mas é o que penso. :D

*Alice~ disse...

Gosto das tuas problematizações:)