• FIM
  • R.I.P

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Radio Nowhere

Há dias em que ao acordar,
sinto que na realidade estou a dormir
e que a dormir fico a sonhar
com tudo aquilo que estou a sentir
Olho para mim próprio
Como se tudo o que estivesse a acontecer
Não fosse eu que o estivesse a fazer
Vejo todos os gestos que faço
As hesitações, os receios
Tudo... numa só imagem, num plano baço
Ruídos.sabores...cheiros
Vejo-me a sair ou a chegar
Vejo-me a sorrir ou a chorar
Vejo-me a dormir ou a acordar
Vejo-me, eu vejo-me
Há dias em que ao acordar,
sou invadido pelo pensamento
De alguém que pensa que está a pensar
Que todos os dias quando acorda
Pensa estar... a dormir... e a sonhar

2 comentários:

joaninha versus escaravelho disse...

Eu é mais: há dias em que acordo e vejo tudo tão mal que não penso em nada. E como quem diz: Eu é mais couves! :)
Vieste ao "Couves" estas férias? :)

AP disse...

:) Não! Este ano ainda só consegui aí passar uma tarde, estive no Lagar apenas.